1º Fórum RL de Indústrias

Sob o tema “O valor da limpeza e seus impactos dentro da Indústria”, o evento representa um novo canal de diálogo e troca de experiências para o setor.

indústria

Com apresentação de Ricardo Vacaro, diretor geral da RL Higiene, o 1º Fórum RL de Indústrias contou com a presença de Amanda Romeiro, Supervisora de Controle de Qualidade da Daxia Doce Aroma, Patrícia Loiola, Nutricionista Responsável Técnica dos Sorvetes Rochinha, Jesiel Matias, Coordenador de Produção e Higienização da Sodebo Indústrias Alimentícias, e Moacir Reis, profissional de facilities com experiência de 30 anos em empresas multinacionais. A partir de suas experiências, os profissionais destacaram melhores práticas e desafios para o setor. 

Moacir indica um sistema misto de operação, com terceirização dos serviços de limpeza para áreas não-críticas, como escritórios e banheiros, e equipes internas para as áreas críticas da indústria, como a área de produção, como o caminho mais adequado para a realização de uma limpeza profissional, que contemple as rígidas normas do setor. O profissional considera que a solução de sistema misto é a mais adequada pelo alto investimento em treinamento para a capacitação dos operadores.

A nutricionista Patricia Loiola, dos Sorvetes Rochinha, contou sobre processos e controles que a marca adota para manter a integridade dos produtos, evitar contaminações e entregar a qualidade que os clientes esperam. Entre os processos, a profissional destacou a eficácia do sistema de cores, implementado pela RL Higiene, para evitar a contaminação cruzada. A nutricionista ressaltou ainda a importância do uso de tecnologias para testes e análises microbiológicas na área da produção. 

Jesiel Matias, da Sodebo, enfatizou a importância na escolha de tecnologias para a limpeza e propôs uma solução que contribui com a produtividade das operações. O profissional trouxe um case sobre a mudança da limpeza por escovação para a limpeza por espumação, a qual resultou em melhoria de setup e, consequentemente, aumento da produtividade. 

Amanda, da Daxia, também relatou a adoção do sistema de cores para identificação dos instrumentos como um método simples e eficaz no combate à contaminação cruzada. A profissional acrescentou que a implementação do sistema foi muito bem recebida pelos operadores, que estão mais engajados em manter os instrumentos sob sua responsabilidade limpos e organizados.
O Fórum contou também com os depoimentos dos especialistas Toni D’Andrea, CEO da ISSA Pulire Network, na Itália, e Alan Tomblin, CEO da Network, nos Estados Unidos, que trouxeram um panorama internacional dos desafios no pós-pandemia. Ricardo concluiu o encontro enfatizando a importância de uma visão sistêmica da limpeza – que considere produtos, processos e pessoas – como um ponto comum entre as experiências relatadas pelos convidados. Assista à íntegra a seguir:

Por |2021-11-03T14:16:56-03:0003/11/2021|Indústria|Comentários desativados em 1º Fórum RL de Indústrias
Ir ao Topo