Economizar água, sim. Deixar de limpar, jamais!

Reportagem da Folha de S. Paulo alertou para o impacto da crise da água nas escolas de SP, mas é bom lembrar: é possível economizar água sem diminuir a frequência da limpeza 

No dia 26 de janeiro o caderno de cotidiano da Folha de S.Paulo publicou reportagem que reunia alternativas encontradas por escolas particulares da capital para driblar a falta de água. Leia aqui a matéria. Entre propostas interessantes, como a implementação de cisternas, sistemas para reuso de águas pluviais, ampliação de reservatórios, além de campanhas de conscientização, o texto traz uma informação perigosa. Por mais que as escolas figurem como um dos alvos mais vulneráveis neste cenário de crise, a redução da frequência da limpeza não deve ser vista como uma alternativa, já que uma escola sem as condições ideais de higiene e limpeza oferece riscos incalculáveis à saúde de alunos, professores e demais funcionários.

Economizar água sem deixar de limpar

Segundo dados fornecidos pela ISSA – Associação Internacional da Indústria de Limpeza – no material How Dirty Is Your School? (em português “O quão suja é sua escola?”), alunos do primeiro grau contraem gripes e resfriados entre oito e dez vezes por ano. O resultado disso são 60 milhões de dias de aula perdidos. O custo com professores substitutos chega a 4 bilhões por ano. Enquanto os alunos faltam em média 4,5 dias por ano, os professores deixam de dar aula 5,3 dias por ano.

Desde muito tempo antes de se imaginar uma crise desta proporção, a RL propõe soluções integradas que ajudam seus clientes a economizar água em até 90%. Confira o infográfico abaixo. Tendo como ponto de partida um diagnóstico detalhado das reais necessidades do cliente, a RL implementa uma solução que consiste na ação combinada entre sua expertise (produtos e know how) com a mão de obra do cliente, que passará por um processo constante de treinamento, ao passo que os usuários do estabelecimento passarão a ter contato com informações sobre consumo consciente através de campanhas.

Como economizar água?

Economizar água sem deixar de limpar produtos

Por isso, é preciso buscar alternativas de limpeza que utilizam menos água. Assim, a falta dela não se torna uma desculpa para diminuir a frequência da limpeza.


17/01/2015|Conscientização, Notícias0 Comentários